O Aj

Antes de explicar o que é Aj, devemos esclarecer a imagem acima. Representa Aker, o leão, e embora apareçam representados dois é o mesmo em duas funções. O da esquerda, como o hieróglifo indica, é “Duaj”, que significa “Ontem”, e à direita está escrito “Sefer” que significa “Amanhã”. São representados de um lado e do outro por duas montanhas entre as quais aparece o Sol, nascendo ou se pondo. Este último, as montanhas e o sol, é chamado de Ajet, uma palavra relacionada com o Aj que estamos estudando. Ajet é o “Horizonte Luminoso”.

Ajet

No Antigo Egito, o veículo superior do espírito era o que se chamava de Aj. Costumava ser representado como uma ave, a íbis religiosa, segundo a opinião de alguns. Identificava-se com a luz e com o horizonte luminoso (Ajet), sendo assim uma espécie de transfiguração luminosa num espírito.

Outros significados são: “poder”, “benéfico”, “glorioso” e as palavras derivadas ou relacionadas significam: “o olho divino”, “chama”, “habitante do horizonte”, “luz do sol”, “reverdecer”, “estrelas”, “ígnea”.

Aj. Creative Commons

Aj também foi identificado com as chamadas Estrelas Imperecíveis, aquelas que circundavam o Pólo Norte e que, portanto, nunca desapareciam do horizonte. Por tudo isso podemos concluir que o Aj representava o Espírito Imortal que segundo os textos vivia no Ajet, ou seja, o Horizonte Luminoso, ou seja, o Sol que nasce e depois se põe e renasce novamente, guardado pelo duplo leão no seu curso noturno. Por outras palavras, é a imortalidade consciente.

Candidato à Imortalidade

Nesta outra imagem o candidato à imortalidade prostra-se diante do Horizonte Luminoso e do Duplo Leão, e também podemos ver, suspenso naquelas colinas, o Ankh, ou Cruz da Vida Imortal. Como se comentou anteriormente, a Iniciação de alguma forma consiste em penetrar numa dimensão superior, etérica, luminosa. Significa a possibilidade de dar vida e despertar os potenciais adormecidos no ser humano, ou seja, tornar presentes e ativos os elementos superiores espirituais.

Embora a sua aparição ou libertação ocorra como resultado das mutações da morte, o Aj pode estar ativo em alguém ainda vivo, por meio do processo de iniciação, visto que encontramos referências a personagens que carregavam o título de Aju. Resumindo tudo o que foi dito anteriormente, tentaremos reproduzir um esquema que nos permita comparar os diferentes conceitos estudados e como funcionariam em diferentes situações humanas.

Ser Vivo Morto Mumificado Iniciado
Aj-adormecido Aj na sua esfera Aj na sua esfera Aj ativo
Ba-no coração Ba na sua esfera Ba intermediário Ba livre
Sombra-no coração Sombra dissolve-se Sombra ativa Sombra livre
Ka Ka dissolve-se Ka ativo Ka ativo
Corpo Corpo dissolve-se Corpo mágico Corpo

 

Publicado na revista Seraphis a 26 de maio de 2020.

Link: https://www.almaegipcia.com/2020/05/-constitucion-el-aj.html