Pressione ESC para fechar

Filosofia Grega

Plotino e os Degraus da Virtude

Hélio de Orvalho 1 695

De acordo com a tradição deixada por Platão, as virtudes cívicas são quatro: a sabedoria, a coragem, a moderação e a justiça. Estas são as virtudes que fazem o nosso eu terreno assemelhar-se tanto quanto é possível a um reflexo do mundo inteligível. Isto é possível pois todas resultam da aplicação de uma mesma Medida, ou seja, de um sentido ético profundo da alma humana, proveniente da Inteligência, que assim consegue conduzir todos os pensamentos, emoções e ações pelo caminho medido, isto é, o caminho reto e virtuoso.

Continue lendo

Ensinamentos Esotéricos de Platão

Julian Scott 0 969

Platão é tipicamente considerado um filósofo grego “respeitável”, que é amplamente ensinado em universidades de renome em todo o mundo e admirado por seu pensamento filosófico original. No entanto, há um outro lado de Platão que só é explorado por uma minoria de estudiosos, começando com Heinrich Gomperz na década de 1930 e continuando com a ‘Escola de Tübingen’ de hoje. Em muitas das obras de Platão, o filósofo faz referência a tradições orais que remontam a Pitágoras e aos Mistérios Órficos, e para alguns pesquisadores, como Savvas Pattakos (Plato’s Secret Doctrine, 1998), esses ensinamentos constituem o elemento principal na vida e obra de Platão. Neste artigo, gostaria de destacar alguns desses elementos esotéricos, principalmente como se encontram nos mitos e alegorias que pontuam seus diálogos. Imagem: Platão. Museu Capitolino. Roma. Creative Commons

Continue lendo

Aristóteles

Manuel Stelzl 0 798

Durante dois mil anos valia tudo aquilo que Aristóteles (384-322 a.C.) afirmou como dogma incontestável – escreve o autor italiano Luciano de Crescenzo. Mesmo que isto não seja totalmente correcto é difícil desvalorizar o significado científico de Aristóteles. Ainda no início da idade moderna cada tentativa séria de obter um progresso científico tinha de começar com um ataque às doutrinas individuais de Aristóteles. Imagem: Aristóteles, Ceuta (Espanha). Creative Commons

Continue lendo

A Filosofia Estóica Atual e Prática

O Estoicismo apresenta-se-nos como uma alternativa filosófica saudável para interpretar o mundo que, através da liberdade e da autarquia interna, torna o ser humano um sujeito independente, mas ao mesmo tempo responsável pela sociedade da qual é parte indissolúvel. Assim, com os seus postulados e a sua hermenêutica, esta filosofia convida-nos a ter uma experiência mais completa de nós mesmos, dos outros e da natureza. Imagem: Nerón y Séneca. Creative Commons

Continue lendo

Platão Mais Perto

Miguel Ángel Padilla 1 2680

Ao iniciar este trabalho sobre Platão perguntava-me se não seria mais um livro das dezenas de milhares que foram escritos sobre o divino filósofo ao longo da história, e talvez o seja, mas, para dizer a verdade, o mero prazer de caminhar com ele, falar sobre assuntos tão bonitos e profundos durante estes anos, e partilhá-lo com aqueles que o leram, valeu a pena. Imagem: Platão. Biblioteca Nueva Acrópolis

Continue lendo

A exaltação da aretê em Aristóteles e o sentido de contemplação através de nous

Paulo Alexandre Loução 0 1114

As origens constituem um grande mistério. Como teve origem a primeira célula? A primeira árvore? Pergunta-se o povo: que surgiu primeiro o ovo ou a galinha? E um dos símbolos mais espectaculares desse mistério é a semente. A semente que pode durar milénios, mas quando se cruza com a terra, morre para ressurgir como árvore, flor e fruto.

Continue lendo

A Saúde e Justiça em Platão

José Ramos 0 1056

Numa filosofia tão ampla e tão completa como a de Platão, sobre a qual se atreveu a dizer Alfred Whitehead (1929) que a filosofia depois de Platão “não passa de uma sucessão de notas de rodapé da obra de Platão”, torna-se pois uma difícil proeza pegar em duas “páginas arrancadas” do seu pensamento, a Justiça e Saúde, para conseguir abarcar toda a dimensão que ambas tiveram na filosofia platónica.

Continue lendo