Pressione ESC para fechar

liberdade religiosa

A Selva dos Deuses Egípcios e o Machado (II) Akhenaton e a Inquisição

Juan Martín Carpio 0 932

No Egito ninguém “pertencia” a uma religião, não havia osirianos, ísisianos ou amonianos. Havia sacerdotes desses cultos, mas em muitos casos permutáveis, como uma espécie de cargos administrativos, e em qualquer caso os Sumos Sacerdotes desses cultos eram apenas representantes do faraó e este representava todo o povo perante o mundo do divino, sem distinções.

Continue lendo