A Verdadeira Virgem de Fátima, cem anos depois

Milhares de curas contra todos os prognósticos, verdadeiramente milagrosas em nome desta Virgem, ou diante da sua efígie, ou depois de realizar um voto indicam uma forte presença espiritual curadora, que cada um pode negar, se quiser, como também pode negar que se está vivo – não será a realidade um sonho? – ou inclusivamente que apenas existimos porque pensamos. Também podemos, como Ibn Arabí, o místico de Múrcia, dizer que o todo é milagre ou que não o é, que tudo é divino ou que é matéria, que nada é mentira, ou que nada é totalmente certo.

Ler mais